ARTIGO

10 PERGUNTAS QUE VOCÊ DEVE ENCARAR NAS ENTREVISTAS DE EMPREGO

Como seria bom saber antes tudo que o recrutador vai perguntar, não é  mesmo? Infelizmente, não temos esse poder. Mas selecionamos 10 perguntas que sempre se repetem e incluímos aqui dicas de como se preparar para respondê-las.

FALE UM POUCO DE VOCÊ, SEU HISTÓRICO, COMO CHEGOU AQUI…

Parece fácil, não é? Afinal, você sabe quem você é e não precisa estudar para responder essa pergunta. Errado! Muita gente cai na armadilha de contar toda sua vida, toda sua história profissional e não é isso que o recrutador está buscando. Ele quer entender a trajetória, a personalidade e como isso faz de você  ideal (ou não) para a vaga.

A estrutura de raciocínio de construção da sua história, o que foi mais importante e causou cada passo, a relação causa e consequência das ações e decisões tomadas… Saber priorizar a informação, organizar, ordenar, dar importância diferente aos acontecimentos revela sua capacidade de estruturação, visão, síntese.

Pense na vaga que você está concorrendo, e reforce pontos da sua história que corroborem com a imagem de que você se encaixa nessa vaga, que se preparou para essa vaga durante sua trajetória.

 

POR QUE VOCÊ QUER ESSE EMPREGO?

As empresas buscam pessoas motivadas, que se apaixonem pelos seus trabalhos, que se engajem com a empresa.

Pense na oportunidade profissional, nas atividades, no propósito da função, nos valores da empresa e como tudo isso se relaciona com os seus interesses pessoais e profissionais: seus objetivos, seus valores, suas crenças.

Dica Self Guru: faça a autoavaliação na plataforma, isso vai ajudar você a ter clareza  sobre a relação dos seus valores e crenças e os da empresa 🙂 Acesse a opção “avaliação” no menu de serviços.

 

QUAIS SÃO SEUS PONTOS FORTES?

Pense bem antes para não cair em uma pegadinha.

Você precisa ser sincero. Não basta (e não é honesto) falar pontos fortes que você sabe que são importantes para a posição  que você quer conquistar.  Assim como é irrelevante, falar pontos fortes que são dispensáveis ou inúteis para essa posição.

Então antes da entrevista, prepare-se: pense nos seus pontos fortes que são relevantes para essa vaga e foque nestes. Evite ser genérico, ao invés de “sou forte com gestão de pessoas”, já descreva que atividades na gestão de pessoas você mais se destaca e porque gosta desta atividade.

 

QUAIS SÃO SEUS PONTOS FRACOS?

Não se iluda com “perfeccionsita” como uma boa resposta para ponto fraco… Nenhum recrutador cai nessa.

O que um entrevistador quer com essa pergunta é saber se há algum risco em contratar você para a posição, pois ele conhece o dia-a-dia da empresa e pode detectar alguma incompatibilidade, além de testar sua capacidade de autoconhecimento e honestidade. Todos temos pontos fracos.

Tão importante quanto reconhecer o ponto fraco é mostrar que você identifica essa fraqueza, que já tomou ações para melhorar e o que faz para minimizar o impacto dessa fragilidade no exercício das suas atividades.

 

FALE SOBRE UM CONFLITO PROFISSIONAL QUE VOCÊ ENFRENTOU E COMO FEZ PARA LIDAR COM ESSA SITUAÇÃO.

Todo mundo se depara com conflitos, na vida pessoal e no trabalho, isso é fato. Saber lidar com os conflitos é o que o entrevistador quer explorar nessa pergunta. Como você responde a conflitos?

  1. Briga, grita, perde o controle?
  2. Se faz de desentendido, faz que nem percebe, desvia da situação?
  3. Encara, busca alternativas, resolve a questão?

Claro que a resposta “certa” é a letra C, mas é através de um exemplo, onde você encarou a situação na vida real, que você consegue demonstrar isso.

 

QUAL SUA MAIOR CONQUISTA PROFISSIONAL?

Seus resultados anteriores têm um papel muito importante na entrevista: eles comprovam que essa pessoa bacana, ponderada, interessante que você está demonstrando ser, é de fato, competente.

Estruture bem sua resposta: descreva o cenário, o desafio que você tinha, as ações que foram executadas (ou lideradas por você) e os resultados obtidos, sempre com alguma referência ao esperado / projetado. Inclua metas, atingimento, prazo da realização, etc. Contextualizar a conquista dá a real dimensão do porquê ela é sua “maior” conquista.

 

POR QUE VOCÊ QUER SAIR DO SEU EMPREGO ATUAL?

Pergunta difícil de responder?

Seja verdadeiro e positivo! É evidente que há alguns aspectos na sua posição atual que estão deixando a desejar, se não você não estaria buscando outra oportunidade no mercado e o recrutador sabe disso. Mas falar mal da sua empresa, do seu gestor, mesmo que você já tenha deixado o emprego anterior, não vai somar pontos e pode gerar um clima desagradável.

Foque no que você está buscando de novo, de adicional ao que você tem (ou tinha) no seu emprego atual (ou anterior). Se você já saiu da empresa onde você estava, não minta ou tente esconder.

A verdade sempre é o melhor ponto de partida. Se uma relação não deu certo e você está buscando outra relação, comece de mente aberta, sem intrigas sobre o passado, buscando nessa nova relação, o que você valoriza para seu futuro. Vale para relacionamentos pessoais e profissionais.

 

SE VOCÊ FOSSE UM ANIMAL, QUE ANIMAL SERIA?

Não, o entrevistador não quer mesmo saber que animal você seria! O que ele quer saber é como você se vê, se tem senso crítico e capacidade de se auto avaliar. Relaxe, porque não existe resposta errada. Mas pense: se você já falou de seus pontos fortes e fracos, já se descreveu quando contou sua história, então o animal que representa você tem que representar essa pessoa que você narrou. Caso contrário, ou você mentiu, ou você não consegue fazer correlações. Então, ao citar o animal, explique e faça as correlações justificando sua escolha.

 

O QUE VOCÊ PRETENDE ESTAR FAZENDO DAQUI 5 ANOS?

Não é uma pegadinha. Na verdade é uma pergunta com objetivos muito claros. O recrutador quer saber:

  1. Que expectativas você tem em relação a sua carreira? Isso fala a respeito da sua ambição, seu comprometimento com seu futuro profissional, por exemplo.
  2. Você é realista? Uma coisa é ser ambicioso, outra coisa é achar que pode ganhar 10 posições em 5 anos.
  3. A posição (e a estratégia de plano de carreira da empresa) estão alinhadas com sua expectativa?

Se você não tem clareza do que pretende estar fazendo, que posição quer ocupar em 5 anos, não tem problema. Ainda assim, pense em que caminho gostaria de seguir, mostrando que você tem um plano, mas tem flexibilidade e disposição para construir o plano em conjunto com as oportunidades que se apresentam.

Dica Self Guru: acesse “Planeje sua Carreira” no menu de serviços e construa seu plano profissional.

VOCÊ ESTÁ PARTICIPANDO DE OUTROS PROCESSOS SELETIVOS?

Sempre diga a verdade! Isso vale para todas as perguntas anteriores e não é diferente aqui.

O recrutador pode estar sondando se ele tem concorrência ou se você estará a disposição. Mas também pode querer saber do seu nível de interesse na empresa, como único estímulo para sua mudança profissional.  Seja honesto, sempre. Se não estiver confortável em citar o nome das empresas onde você está sendo entrevistado (se estiver sendo entrevistado em outros processos), fale abertamente que não gostaria de citar os nomes. Se não há outras empresas, seja claro que apenas está participando deste processo. Não há certo ou errado. Errado é mentir.